“As vezez ouço passar o vento, e só de ouvir o vento passar vale a pena ter nascido.”

Utilizando-me da frase de Fernando Pessoa para intitular minha montagem quis exemplificar essa conexão dos nossos sentidos. Por muitas vezes, deixamos com que a percepção visual que temos do mundo nos domine fazendo nos esquecer de fechar os olhos e simplesmente sentir, ouvir… Esse excesso de visão nos deixa cegos ao que acontece com nós mesmos e com o mundo em que vivemos.

Obs: Sim, é o José Saramago. Sim, na outra sou eu.

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s